Está na hora de comprar ações da Amazon? Todo investidor iniciante que começa a dar os primeiros passos no mercado financeiro tem um questionamento recorrente na mente: “quais são as as melhores ações para investir”? Esta é a pergunta de 1 milhão de dólares. Geralmente o investidor começa comprando ações na bolsa de valores brasileira, mas depois de alguns anos investindo no Brasil, entende que não basta diversificar os investimentos entre empresas e setores, torna-se necessário também diversificar entre países. E assim o investidor direciona sua atenção para os E.U.A. que possui o maior mercado financeiro do mundo. Aí a velha questão surge novamente: “quais são as melhores ações americanas para investir?”

Melhores Ações Americanas (Blue Chips)

O termo blue chip é originário do pôquer onde as fichas azuis (literalmente blue chips em inglês) são as mais valiosas. O mercado de ações tomou emprestado este termo para designar ações de empresas bem estabelecidas, de grande porte, com comprovada lucratividade, principalmente a longo prazo, e com poucas obrigações, resultando em situação econômica e financeira positiva.

Antigamente as ações consideradas blue chips eram as ações com cotações mais altas, ou seja, ações mais caras. Hoje este termo está mais relacionado a liquidez, representando as ações mais negociadas na bolsa. Essas ações são chamadas de “ações de primeira linha”, ou seja as ações com mais liquidez de mercado, porque são as mais procuradas, com muitos negócios realizados diariamente.

acoes blue chip

Blue chips e red chips do pôquer

Se formos comparar as ações blue chips da bolsa brasileira como Ambev, Itaú e Ambev com as blue chips listadas no S&P 500 como Apple, Google e Microsoft, e ainda aplicarmos a conversão de real para dólar, veremos que nossas blue chips não passam de penny stocks – ações de baixo valor. Há pouco tempo, só o valor de mercado da Apple era superior ao valor de mercado de todas empresas da bolsa brasileira juntas.

No início de maio a Apple tornou-se primeira empresa a superar os US$ 800 bilhões em valor de mercado e logo deve ultrapassar US$ 1 trilhão, estimou um analista financeiro, segundo a AFP. A ação da Apple foi a US$ 153,97, fazendo o valor da companhia chegar aos inéditos US$ 802,2 bilhões. A empresa se beneficia da ansiedade do mercado pelo novo iPhone, cujo lançamento está previsto para setembro.

#1 – Apple

blue chip americana Apple

Apple Inc. (NASDAQ: AAPL; NYSE: AAPL; anteriormente Apple Computer, Inc.) é uma empresa multinacional norte-americana que tem o objetivo de projetar e comercializar produtos eletrônicos de consumo, software de computador e computadores pessoais. Os produtos de hardware mais conhecidos da empresa incluem a linha de computadores Macintosh, o iPod, o iPhone, o iPad, a Apple TV e o Apple Watch. Os softwares incluem o sistema operacional Mac OS X, o navegador de mídia iTunes; a suíte de software multimídia e criatividade iLife; a suíte de software de produtividade iWork; Aperture, um pacote de fotografia profissional; Final Cut Studio, uma suíte de vídeo profissional e produtos de software; Logic Studio, um conjunto de ferramentas de produção musical; o navegador Safari; e o iOS, um sistema operacional móvel.

#2 – Google (Alphabet)

blue chip americana Google

Alphabet Inc. é uma holding e um conglomerado que possui diretamente várias empresas que foram pertencentes ou vinculadas ao Google, incluindo o próprio Google. A empresa está sediada na Califórnia e é dirigida por cofundadores do Google, Larry Page e Sergey Brin, sendo que Page é o CEO e Brin o presidente. O portfólio da Alphabet vai se expandir através de vários setores, incluindo tecnologia, ciências da vida, capital de investimento e pesquisa. Algumas de suas subsidiárias incluem Google, Calico, Google Capital, Google Ventures, Google X e Nest Labs. O estabelecimento da Alphabet como um conglomerado de empresas do Google foi motivado por seus executivos, que sentiram que o Google teve que se tornar “mais limpo e mais responsável”, permitindo maior controle das empresas cuja atividade principal não estava relacionado com ele.

#3 – Microsoft

blue chip americana Microsoft

A Microsoft Corporation (NASDAQ: MSFT) é uma empresa transnacional americana com sede em Redmond, Washington, que desenvolve, fabrica, licencia, apoia e vende softwares de computador, produtos eletrônicos, computadores e serviços pessoais. Entre seus produtos de software mais conhecidos estão as linhas de sistemas operacionais Windows, a linha de aplicativos para escritório Office e o navegador Internet Explorer. Entre seus principais produtos de hardware estão os consoles de videogame Xbox, a série de tablets Surface e os Smartphones Microsoft Lumia, antiga Nokia. É a maior produtora de softwares do mundo por faturamento, e uma das empresas mais valiosas do mundo. Foi fundada por Bill Gates e Paul Allen em 4 de abril de 1975 para desenvolver e vender interpretadores BASIC para o Altair 8800. A empresa posteriormente iria dominar o mercado de sistemas operacionais de computadores pessoais com o MS-DOS, em meados da década de 1980, seguido pelo Microsoft Windows. A oferta pública inicial da empresa, em 1986, e o subsequente aumento no preço de suas ações, tornou bilionários e milionários cerca de um terço dos 12 mil funcionários da Microsoft. É considerada a terceira empresa startup de maior sucesso de todos os tempos em termos de capitalização de mercado, receita, crescimento e impacto cultural.

#4 – Amazon

blue

A Amazon é uma empresa transnacional de comércio electrônico dos Estados Unidos com sede em Seattle, estado de Washington. Foi uma das primeiras companhias com alguma relevância a vender produtos na Internet.

#5 – Facebook

blue chip americana Facebook

O Facebook é uma rede social lançada em 4 de fevereiro de 2004, operado e de propriedade privada da Facebook Inc. Em 4 de outubro de 2012, o Facebook atingiu a marca de 1 bilhão de usuários ativos, sendo por isso a maior rede social em todo o mundo. O nome do serviço decorre o nome coloquial para o livro dado aos alunos no início do ano letivo por algumas administrações universitárias nos Estados Unidos para ajudar os alunos a conhecerem uns aos outros.  Foi fundado por Mark Zuckerberg e por seus colegas de quarto da faculdade Eduardo Saverin, Dustin Moskovitz e Chris Hughes. A criação do site foi inicialmente limitada pelos fundadores aos estudantes da Universidade de Harvard, mas foi expandida para outras faculdades na área de Boston, da Ivy League e da Universidade de Stanford. O site gradualmente adicionou suporte para alunos em várias outras universidades antes de abrir para estudantes do ensino médio e, mais tarde, para qualquer pessoa com treze anos ou mais.

melhores acoes americanas
Melhores

Melhores Ações Americanas

Todo investidor iniciante que começa a dar os primeiros passos no mercado financeiro tem um questionamento recorrente na mente: “quais são as as melhores ações para investir”? Esta é a pergunta de 1 milhão de dólares. Geralmente o investidor começa comprando ações na bolsa de valores brasileira, mas depois de alguns anos investindo no Brasil, entende que não basta diversificar os investimentos

Read more