Desde sua criação, muitas pessoas compararam o Ethereum com o Bitcoin. Isso é como comparar maçãs e laranjas, já que ambos sistemas são totalmente diferentes. A Ethereum concentra-se em tokens nativos, contratos inteligentes e aplicações descentralizadas. É possível que todas essas características venham a surgir na blockchain do Bitcoin no futuro, mas é bom ter alguma concorrência entre os ecossistemas, isso favorece o amadurecimento de ambos. Nesta página você encontrará o gráfico em tempo real do ether, gráfico histórico e cotação.



O Ethereum vai além de ser apenas mais uma criptomoeda, é uma plataforma descentralizada e de código aberto projetada para executar contratos inteligentes sob uma arquitetura de blockchain. Ela possui uma máquina virtual descentralizada Turing completude, a Ethereum Virtual Machine (EVM), que é capaz de executar scripts usando uma rede internacional de nós públicos. O Ethereum foi concebido por Vitalik Buterin em Janeiro de 2014 e formalmente apresentado à comunidade na forma de um white paper . Já a definição formal da Virtual Machine do Ethereum (EVM) foi escrito por Gavin Wood.

O ponto que torna o Ethereum diferente das outras criptomoedas em geral é que seu projeto visa levar a tecnologia do blockchain e dos contratos inteligentes para tudo que possa ser programado. Funciona o dueto Ethereum/Ether de forma similar ao Bitcoin/bitcoin (o primeiro, como sistema de pagamentos e o segundo, como moeda do sistema). Então o Ether é a moeda que vai manter os contratos ativos do Ethereum, uma vez que para ser mantido na rede distribuída, o contrato precisa de fundos para adimplir o custo de manutenção da rede.

Se você pensa que o Bitcoin é o futuro, então irá se surpreender com o Ethereum. Se o Bitcoin pretende substituir os cartões de crédito e empresas de remessas de dinheiro, o Ethereum pretende substituir entidades que dão suporte aos nossos contratos de hoje, como os cartórios. Os contratos são imprescindíveis na vida moderna: contrato de compra e venda, contrato de trabalho, certidões de nascimento, etc. Imagine-se então uma espécie de “carteira de identidade digital” protegida por criptografia?

ethereum

O Ethereum foi financiado como um projeto de crowdfunding sendo lançado em 30 de Julho de 2015. Em 2016 ocorreu um fork no Ethereum e seu blockchain foi dividido em dois graças ao colapso do projeto The DAO, e com isso nasceu o Ethereum Classic. O fork do Ethereum serviu como controle de danos ao problema causado pela invasão da DAO por hackers em 2016, e foi potencializada por diferenças ideológicas entre desenvolvedores iniciais do Ethereum. Como a DAO acumulou 150 milhões de dólares em ETH, mas quase 50 milhões de dólares em ETC foram hackeados, cerca de 80% dos mineradores decidiram fazer um hard fork no Blockchain. Os outros mineiros permaneceram com o Blockchain inicial, agora chamado de Ethereum Classic.

O princípio fundamental é que toda transação, execução de código distribuído, assinatura de contrato digital ou qualquer outra aplicação que seja executada na rede do Ethereum seja paga em Ether (ETH), sendo assim. O Ether é um token utilizado dentro da plataforma do Ethereum para rodar os contratos inteligentes, serviços computacionais dentro da rede e para pagar taxas aos mineradores. O Ether é negociado como uma criptomoeda nas corretoras, ele é listado com o código ETH.

Devido ao conceito por trás do Ethereum, não é possível obter Ether em trocas diretas por moedas reais como Real e Dólar. A arquitetura do Ethereum visa favorecer a circulação de Ethers como forma de pagamento pelo uso da própria rede. Você poderá então obter Ether através de mineração (será necessário um computador com uma Unidade de Processamento Gráfico (GPU) atual para execução dos códigos criptográficos), de recebimento de doações de outros usuários ou troca por outras criptomoedas (Bitcoin, Zcash, Monero, etc).

A troca de Ether por Bitcoins foi fundamental para o próprio financiamento do projeto. Uma primeira remessa de Ether foi vendida durante o financiamento do projeto numa crowdsale que durou 42 dias, período no qual foram arrecadados 31.591 Bitcoins, que na cotação da época equivaliam a aproximadamente 18.5 milhões de dólares.

O Ether utiliza-se de uma topologia de programação que utiliza pontos flutuantes permitindo que ele seja fracionado em escalas decimais muito pequenas. Ethers são divididos em unidades menores cujos nomes fazem referência a pessoas envolvidas com o desenvolvimento das tecnologia de criptografia, moedas digitais e contratos inteligentes: Finney, Szabo, Wei. Além disso, há outras unidades que não constam no texto original mas tem sido utilizadas pelos usuários, fazendo referência a personalidades da computação.

Gráfico fornecido pela TradingView



melhores exchanges brasileiras de criptomoedas
Melhores

Melhores Exchanges Brasileiras de Criptomoedas

As moedas digitais vieram para ficar. Até pouco tempo atrás pouca gente falava a respeito, as criptomoedas eram conhecidas apenas por pessoas ligadas à área de investimentos e de tecnologia, mas recentemente ganharam grande projeção na mídia e está todo mundo falando a respeito. O bitcoin continua sendo a principal criptomoeda do mercado, mas esse ano foi espetacular para diversas

Read more
melhores criptomoedas
Melhores

Melhores Criptomoedas

Parece mentira, chega a ser assustador, mas quem comprou mil reais em bitcoins há um ano tem hoje cerca de 21 mil reais. Muitos afirmam que esta valorização sem precedentes é a maior bolha financeira da era moderna. Pessoalmente também considero que este fenômeno tem ares de uma bolha, mas pode ser a primeira bolha financeira que não irá estourar,

Read more