Quando se trata em encontrar uma criptomoeda que realize transações anônimas, temos que pensar muito além do Bitcoin. O Monero hoje lidera essa corrida pelo anonimato, isso devido a alguns conceitos inovadores. A Monero também foi abraçada pelos mercados da darknet porque fornece privacidade e anonimato que não é possível encontrar no Bitcoin. Nesta página você encontrará o gráfico em tempo real do XMR, gráfico histórico e cotação.



O Monero é uma moeda virtual descentralizada tal como o Bitcoin, não sendo um descendente do mesmo. Tem como objetivo ser um sistema monetário fungível e não rastreável. Tem, de modo intrínseco, um nível mais elevado de privacidade que o Bitcoin ou qualquer outro dos seus descendentes. Foi lançado a 18 de Abril de 2014, sem nenhum premine (ou seja, não foram criadas moedas para nenhuma entidade e todas as moedas criadas são provenientes de mining) ou IPO (então chamado Bitmonero). O nome significa “moeda” na língua Esperanto.

As transações são confirmadas pelos mineradores através do “Proof-of-Work” (POW). Para validar os blocos de transações, os mineradores têm que exercer cálculos aleatórios para encontrar a hash do bloco corrente, esses cálculos são feitos consoante uma determinada dificuldade que é variável de bloco em bloco de forma a que cada bloco seja encontrada em cerca de 60 segundos. Para calcular a hash do bloco atual é necessário saber a hash do bloco anterior + transações não confirmadas + dificuldade atual da rede.

monero

Os mineradores são recompensados pelo seu trabalho a segurar a rede com o block reward  que é variável de bloco para bloco as taxas de transferência (neste momento custam 0.01XMR por cada kb no blockchain). A hash utilizada para segurar a rede é o CryptoNight, ao contrário da hash utilizada pelo Bitcoin (SHA256), diminui a diferença que possa existir entre CPU e GPU e, apesar de ainda não existirem equipamentos específicos para minerar apenas o CryptoNight, acredita-se que mesmo esses equipamentos não tenham uma enorme vantagem em relação aos anteriores. No futuro será implementada uma função de smartmining onde os utilizadores poderão deixar o computador a minerar apenas quando não existe nenhuma atividade, esta implementação futura deverá incentivar a descentralização da rede. Após a emissão da maioria das moedas existirá uma inflação perpétua de 1% anual.

Gráfico fornecido pela TradingView



melhores exchanges brasileiras de criptomoedas
Melhores

Melhores Exchanges Brasileiras de Criptomoedas

As moedas digitais vieram para ficar. Até pouco tempo atrás pouca gente falava a respeito, as criptomoedas eram conhecidas apenas por pessoas ligadas à área de investimentos e de tecnologia, mas recentemente ganharam grande projeção na mídia e está todo mundo falando a respeito. O bitcoin continua sendo a principal criptomoeda do mercado, mas esse ano foi espetacular para diversas

Read more
melhores criptomoedas
Melhores

Melhores Criptomoedas

Parece mentira, chega a ser assustador, mas quem comprou mil reais em bitcoins há um ano tem hoje cerca de 21 mil reais. Muitos afirmam que esta valorização sem precedentes é a maior bolha financeira da era moderna. Pessoalmente também considero que este fenômeno tem ares de uma bolha, mas pode ser a primeira bolha financeira que não irá estourar,

Read more