Você sabia que o prefixo “super” só é hifenizado quando a palavra a que ele se junta começar com R ou H? Se a palavra a que se refere o prefixo começar com qualquer outra letra então escreve-se junto. Ou seja: o Super-Homem tem superpoderes.



De acordo com a reforma ortográfica, somente quando o prefixo super se juntar a palavras iniciadas por “h” ou “r” deve-se usar o hífen. Exemplos:

Super-humano;
Super-herói;
Super-rápido;
Super-requintado;
Super-real.

Assim, não se usa hífen, por exemplo, nas palavras:

Superbactéria;
Supercampeão,
Superdotado;
Supermãe;
Superpotência.

Contudo, se formos aplicar a nova regra na palavra superação ou super-ação, teremos uma confusão. Vamos entender.

De acordo com a nova regra, o correto é escrever superação (sem hífen). Mas desta forma, o leitor poderá entender que se trata do substantivo que indica o ato de superar. Exemplo: O paciente superou a doença, seu ato foi de incrível superação.

Neste caso, o melhor é evitar o uso desta palavra. Que tal escrever “uma grande ação” em vez de “uma superação”?



meusuperpodereh
Mais

Mais Twittadas do Dia: #MeuSuperPoderEh

A hashtag que está bombando hoje no Twitter é: #MeuSuperPoderEh. Se você pudesse escolher um superpoder qual seria ele e por quê? Se você já tem um superpoder qual é ele? Levantar cedo na segunda e fazer dinheiro sumir são uns dos superpoderes mais citados. Você pode fazer seu próprio teste aqui e aqui e descobrir seu superpoder. A princípio a

Read more